Património

Aqui poderá visitar todo o espólio de instrumentos e aparelhos existentes no Museu da Física da Escola Secundária Alexandre Herculano. Poderá conhecer os aparelhos/instrumentos adquiridos pela escola desde a sua origem, em 1906.

Eis alguns exemplos:

Pilha de Volta

Esta pilha de Volta é feita a partir de camadas alternadas de discos de ferro, de tecido e de cobre. Quando a pilha é mergulhada, durante pouco tempo, numa solução salina, o tecido absorve e retém a solução salina, e a pilha é activada. A pilha produz uma voltagem de, aproximadamente, 0.2 volts. Cada secção de ferro - tecido - cobre tem uma pequena voltagem a atravessá-la, e todas as secções juntas resultam numa voltagem bastante maior.

Telégrafo de Morse

Em 1832, Samuel Morse desenvolveu um sistema telegráfico que utilizava a energia eléctrica para transmitir sinais à distância. O código inventado por Morse para a transmissão era constituido por pontos e traços. Este modelo escolar funciona com 2 pilhas que alimentam o circuito eléctrico, e possui um mecanismo de relojoaria que permite o desenrolar da fita de papel.

Galvanómetro de Demonstração

Aparelho de demonstração que pode ser utilizado como magnétometro ou como Galvanómetro de demonstração permitindo explicar a variação de sensibilidade, as oscilações amortecidas, o galvanómetor diferencial, etc. Possui um anel em cobre semelhante ao de uma bussóla das tangentes e está apoiado num tripé.

Esferómetro

Esferómetro que permite medir espessuras de placas até 20 mm e raios de curvatura de lentes côncavas ou convexas. O passo do parafuso é de 0.5 mm e a distância dos pés cerca de 50 mm. A menor divisão da escala vale 0.002 mm.