Mecânica dos Fluidos

Matemático, físico e inventor grego que nasceu em Siracusa,por volta do ano 287 a.C. e pensa-se ter morrido após a tomada de Siracusa durante a Segunda Guerra Púnica, por volta do ano 212 a.C.. Estudou em Alexandria, local considerado o centro do saber da época. Ao longo da sua vida foi inventor, matemático e filósofo sendo considerado o mais importante matemático da Antiguidade e um dos maiores de todos os tempos. Em física, estabeleceu, no seu “Tratado de Corpos Flutuantes”, as leis fundamentais da estática e da hidrostática e inventou ainda todo o tipo de máquinas para uso militar e civil.

Descendente de uma famosa família de matemáticos, Daniel Benoulli foi simultaneamente filósofo, físico, médico, botânico e matemático. Mesmo dentro da física destacou-se em várias áreas das quais se destaca a Mecânica, a Hidrostática e a Hidrodinâmica.

É nesta última que se enquadra a que é talvez a sua maior descoberta, a Equação de Bernoulli que descreve o movimento dos fluidos, descoberta de extrema importância que possibilitou muitos outros achados que têm importância vital na nossa vida actual, tais como a propulsão a jacto e a força de sustentação que faz voar objectos mais pesados que o ar.

Professor em várias universidades europeias de prestígio, nomeadamente S Petesburgo e Basileia, é reconhecido como o mais brilhante de entre a sua famosa família e como uma das mentes mais brilhantes da história.

Apesar de ser mais conhecido como o "pai da química moderna" pelas suas enormes e decisivas contribuições para a afirmação da química como uma área de pesquisa autónoma, Robert Boyle realizou também importantes descobertas nas áreas de hidrostática, com estudo aprofundados sobre peso do ar (pressão atmosférica) e vácuo principalmente.

Junto com Robert Hooke fez importantes descobertas, das quais se destacam a prova de que é impossível obter o vácuo absoluto, que o ar é um meio de propagação do som, mas talvez a mais importante descoberta foi a relação entre a pressão e o volume do ar.

Foi um cientista e polímata italiano que nasceu a 1 de Novembro de 1535 em Vico Equense e morreu a 4 de Fevereiro de 1615 na cidade de Nápoles. Passou a maior parte da sua vida a estudar com vários cientistas. Em 1558 publicou a sua primeira obra “Natureza Mágica” sobre: astrologia, filosofia oculta, alquimia, matemática e meteorologia. Os outros trabalhos são: “De Furtivis Literarum Notis”, sobre criptografia; “Phytognomic”; “De humana physiognomia libri IIII”, um trabalho sobre Fisionomia. Della Porta foi o fundador da sociedade científica chamada Academia Secretorum Naturae, cujo objectivo era estudar os segredos da natureza. O interesse deste cientista pelas várias áreas científicas permitiu os avanços tecnológicos nas áreas da Agricultura, Hidráulica, Engenharia Militar, Instrumentos e Farmacologia. A ele se deve o aperfeiçoamento da câmara escura composta, que não tendo sido ele o inventor, tornou este instrumento conhecido mundialmente.

Físico suíço que nasceu em 1833, em Basel, e faleceu em 1910 na mesma cidade. Destacou-se pelas pesquisas sobre a relação entre a viscosidade dos fluidos e a velocidade de escoamento dos mesmos. Foi professor de Matemática e de Física desde 1862 e presidiu a Academia de Naturwissenschaften Schweiz, em Basel, entre 1874 e 1879. Em 1908, publicou, entre muitos outros livros e trabalhos, “Verteilung der Sitze bei der Proportionalvertretung”, onde propôs uma adaptação da fórmula do advogado e matemático inglês Henry Richmond Droop (1831-1884) para o cálculo do quociente eleitoral mínimo que deveria ser utilizado no Parlamento suíço.

Físico, matemático e inventor francês, que nasceu em 1647 e morreu em 1712. Frequentou uma escola jesuíta em Blois e a partir de 1661 a Universidade Angers, onde se formou em Medicina, no ano de 1669. Enquanto trabalhava com Christiaan Huygens e Gottfried Leibniz em Paris, em 1673, passou a interessar-se pela utilização do vácuo para gerar força motriz. A sua mais célebre invenção deu-se em 1679 - A marmita de Papin (máquina a vapor) que contribuiu para a invenção do autoclave e da panela de pressão.

Inventor britânico que nasceu em 1771 e faleceu em 1833. Em criança costumava ver máquinas a vapor a bombearem água para fora das minas de estanho e de cobre, muito comuns na sua região e, então, em adulto dedicou-se a melhorar o design dos motores a vapor. Assim construiu máquinas a vapor mais leves e mais pequenas mas com caldeiras mais potentes. Em 1804 construiu a primeira locomotiva para caminhos-de-ferro que foi usada em minas de ferro no País de Gales. O sucesso desta máquina foi efémero, pois avariava constantemente e o seu peso fazia partir os carris. Além de ter sido um pioneiro de invenções avançadas na sua época, ele construiu barcos a vapor, máquinas de debulhar e de dragar. Em 1816, no Peru, trabalhou como engenheiro nas minas e construiu locomotivas adaptadas às mesmas. Porém o seu sucesso neste campo terminou com o inicio da guerra civil em 1826.

Matemático húngaro que nasceu em Pressburg (Eslováquia) no ano de 1704 e faleceu em 1777. A ele se deve a invenção do torniquete hidráulico, ao qual lhe foi atribuído o seu nome. Este aparelho é essencialmente utilizado nas turbinas que funcionam como motores de maquinismos.