A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Físico e matemático Inglês que nasceu em 1776 e morreu em 1862, em Norwich. Além de ter realizado interessantes trabalhos sobre astronomia, electricidade e magnetismo criou um sistema que permite compensar o efeito das massas metálicas sobre uma nave. A ele deve-se a construção das lentes de Barlow, da roda de Barlow, etc.

Farmacêutico, químico e inventor francês que nasceu em 26 de Fevereiro de 1728, na cidade de Senlis e faleceu em 15 de Outubro de 1804, em Paris. Em 1745, ele foi aprendiz numa farmácia em Paris onde aprendeu Química. Em 1752, tornou-se professor de química no Colégio de França. Em 1766, conjuntamente com Pierre Joseph Macquer publicou um dicionário de Química chamado “Portable Dicionário de Artes e Ofícios”. Em Paris, dedicou-se ao avanço da ciência, tendo sido nomeado membro da Academia de Ciências. Além de ter escrito muitos livros científicos, ele criou uma escala hidrometria (1768) para as medições das temperaturas de líquidos. Definiu ainda pontos de escala utilizando água pura e solução de cloreto de sódio, o que permitiu comparar escalas termométricas. Foi o inventor do Aerómetro de Baumé.

Engenheiro de pontes e de calçadas que nasceu em 15 de Dezembro de 1852, em Paris e que faleceu em 25 de Agosto de 1908, em Croisic (Bretanha). Fez os seus estudos na Escola Politécnica e foi professor de Física na mesma e no Museu Nacional de História Natural. Continuando os trabalhos do seu pai (Alexandre Becquerel que estudou a luz e a fosforescência e inventou a fosforoscopia) e avô (Antoine César Becquerel que foi um dos fundadores da electroquímica), descobriu, em 1896, a radioactividade dos sais de urânio. Por tal descoberta foi–lhe atribuído o Prémio Nobel da Física em 1903. Conjuntamente com o casal Pierre e Marie Curie foi membro da Academia das Ciências Francesa. Em 1895, descobriu acidentalmente uma nova propriedade da matéria ao colocar sais de urânio sobre uma placa fotográfica em local escuro, a placa enegrecia porque os sais de urânio emitiam uma radiação invisível capaz de atravessar papéis negros e outras substâncias opacas à luz. Esta propriedade foi mais tarde denominada por radioactividade e os raios foram denominados, inicialmente, de raios B, em sua homenagem. Realizou ainda pesquisas sobre a fosforescência, sobre espectroscopia e sobre absorção da luz.

Físico e inventor que nasceu a 3 de Março de 1847, em Edimburgo, e morreu a 2 de Agosto de 1922, na sua casa de Baddeck, no Canadá. Foi educado na escola real de Edimburgo, onde se licenciou com apenas aos treze anos. Aos dezasseis anos foi professor de elocução e de música na Academia de Weston House, em Elgin. De 1866 a 1867 foi instrutor na Universidade de Somersetshire em Bath, Inglaterra. Durante o tempo que viveu na Escócia dedicou-se à acústica e ao desenvolvimento do telefone, uma vez que pretendia melhorar a surdez da sua mãe. No Canadá, continuou o seu interesse por máquinas de comunicação e projectou um piano que podia transmitir música a uma certa distância por meio de electricidade. Em 1876 inventou o telefone, invenção que lhe foi negada e que o levou a recorrer a tribunais para defender como sua a patente.

Inventor germânico que nasceu a 3 de Maio de 1851, em Hannnover (Alemanha) e faleceu a 3 de Agosto de 1929, em Montreal (Canadá). Aos 19 anos, emigrou para os Estados Unidos e começou a frequentar a biblioteca do L’Institut Cooper, tendo-se revelado muito interessado pela electricidade. Em 1876, em Filadélfia, assistiu à exibição de inventos científicos entre os quais o 1º telefone de Alexandre Graham Bell, invento que o fascinou. Desta forma, começou por criar um emissor para enviar mensagens a grandes distâncias, ou seja, inventou o microfone. Em 1877, a empresa Bell Telephone de Boston comprou o invento a Berliner e pediu-lhe para ele o produzir em grandes quantidades. Em 1883, sai de empresa referida e vai trabalhar para o seu laboratório, em Washington. Aí inventou o gramofone que permitiu a gravação e a produção de sons em discos (1876). Em princípios de 1900 inventa o fonógrafo. Em 1908, inventou um motor rotativo para uso em aeronaves que foi depois utilizado em helicópteros. Para além dos seus inventos ligados a mecânica aeronáutica, ele desenvolveu um tipo de gramofone e aperfeiçoou o telefone. A partir de 1870, aquando da sua emigração para os Estados Unidos da América, trabalhou num estabulo de libré, interessando-se depois pela tecnologia auditiva do telefone e do fonógrafo. Além do gramofone inventou o telefone como um transmissor de voz, um aparelho de tecer, uma telha acústica e uma versão inicial do helicóptero. O seu nome surge assim ligado à mecânica aeronáutica e à Telegrafia, sendo conhecido como o Emile Germânico.

Físico, filósofo, médico, botânico e matemático que nasceu a 8 de Fevereiro de 1700, em Groningen (Holanda), e faleceu a 17 de Março de 1782, em Basel (Suiça). No campo da Física destacou-se em várias áreas: Mecânica, Hisdrostática e Hidrodinâmica.

É nesta última que se enquadra a sua maior descoberta: a Equação de Bernoulli, que descreve o movimento dos fluidos. Esta descoberta revelou-se muito importante para outros achados, tais como a propulsão a jacto e a força de sustentatação que faz voar objectos mais pesados que o ar.

Foi professor em várias universidades europeias de prestígio, nomeadamente S.Petesburgo e Basileia, sendo reconhecido como o mais brilhante da sua famosa família e como uma das mentes mais brilhantes da História.

Engenheiro e físico francês que nasceu a 5 de Setembro de 1917,na cidade francesa de Druyes-les-Belles-Fontaines e faleceu em 21 de Dezembro de 1975, em Neuilly-sur-Seine.
Tendo nascido no final da I guerra mundial,época em que a aviação estava em pleno desenvolvimento, ele foi despertado para o estudo da Aeronáutica e da Dinâmica de fluídos.Em consequência, ele pertenceu à Escola Politécnica, foi engenheiro no Colégio de Aeronáutica francês e técnico da Companhia Nacional de estudos e construção de motores de aviação.
Entre 1943 e 1955, ele trabalhou na inversão do impulso (desvio temporário de um motor de avião com a finalidade do mesmo desacelerar em processos, por exemplo de mudança de direcção ou de uma descida na vertical para reduzir o desgaste dos freios e permitir que o desembarque seja feito a distâncias mais curtas).
Em 1956,ele fundou a empresa Bertin & Cie com o intuito de transferir as técnicas utilizadas na Aeronaútica para outros sectores da indústria.
Em 1957,um dos engenheiros da sua sociedade redescobriu o fenómeno chamado de "efeito de solo” que consistia na aplicação de ar na almofada do motor. Este facto levou-o, conjuntamente com a sua equipa a aplicarem uma aba vertical ou "leme" ao veículo espacial, a fim de o tornarem o segundo mais rápido do mundo.
Em 1962, desenvolveu um terraplane, hovercraft ou aerodeslisador (um veículo que se apoia num colchão de ar e que é capaz de atravessar diversos tipos de solo, podendo deslocar–se também na água)terrestre para as forças armadas francesas.
Em 1965, ele criou a empresa Aérotrain e SEDAM (Companhia Nacional de estudos,de desenvolvimento e construção de motores de aviação).
A 7 de Julho de 1974 fez a primeira aplicação prática de vôo do veículo espacial construído, entre a comuna de Cergy localizada num subúrbio de Paris e a zona de La Défense, tendo o mesmo atingido uma velocidade de 417,6 km/h.
Apesar de se ter verificado que a hélice condutora e os jactos dos transportes aéreos de Bertin davam boas vantagens em relação à velocidade, apresentava porém um consumo de combustível e ruído elevado, o quelevou o governo a optar pelo TGV.
Uma das suas últimas actividades esteve ligada à melhoria do sistema de reanimação de motores, que permitiu melhorar a condução de barcos por aplicação do Princípio de Bernoulli inventado nos finais do século XIX pelo engenheiro alemão Fletchner.
Assim, ao conseguir dar ao veículo espacial uma forma mais aerodinâmica, através da uma espécie aba vertical ou "leme" aplicada verificou que o desempenho do mesmo era mais eficaz e que não era necessário gastar combustível.
A ele também se devem vários projectos, como: a construção do binário conversor, processo de elevação do rendimento em bicos de sucção, construção de silenciadores para aviões a jacto, construção de aparelhos para dispersão do nevoeiro em pistas de aeroportos, etc.

Físico, astrónomo e matemático alemão que nasceu a 5 de Junho de 1765, na cidade de Simmezheim, e morreu a 19 de Abril de 1831 em Tübingen. Estudou na Universidade de Tübingen e em 1798 foi eleito professor de astronomia e matemática na mesma universidade. Em 1811 publicou a sua primeira obra "Astronomia", que o tornou famoso. Bohneberger, além de ter contribuído para o desenvolvimento da electricidade, inventou alguns instrumentos, tendo em 1814 proposto o modelo do electroscópio. Interessado nas áreas de geofísica, foi um dos primeiros físicos que colaboraram na construção do giroscópio. O modelo de giroscópio inventado foi introduzido nas escolas francesas por Napoleão I.

Físico dinamarquês que nasceu em 1885 e faleceu em 1962 em Copenhaga. Licenciou-se em 1911 e trabalhou com Joseph Thompson e Ernest Rutherford na Inglaterra. Em 1913, aplicando a teoria da quantificação aos electrões do modelo atómico de Rutherford, conseguiu interpretar algumas das propriedades das séries espectrais do hidrogénio e estrutura da tabela periódica dos elementos. Foi o autor dos princípios da correspondência e da complementaridade. Estudou ainda o modelo nuclear da gota líquida. Antes da descoberta do plutónio, previu a hipótese da sua cisão, análoga à do U-235. Em 1922 Bohr recebeu o Prémio Nobel de Física. Os seus trabalhos contribuíram para a compreensão da estrutura atómica e da física quântica.

Físico austríaco que nasceu em 20 de Fevereiro de 1844, em Viena e faleceu em 5 de Setembro de 1906,em Duino (Itália). Em 1863, iniciou os seus estudos em física na Universidade de Viena e, em 1866, terminou o doutoramento na mesma universidade com uma tese sobre ”Teoria cinética de gases”. No ano seguinte, foi nomeado docente nesta universidade e, em 1869, foi professor na Universidade de Graz. Em 1871, em Berlim, travou conhecimento com Gustav Kirchoff e com Hermann von Helmholtz. Em 1873, regressou à Universidade de Viena, depois de aí ter sido nomeado professor de matemática, cargo que exerceu até 1876. Em 1876, ele foi nomeado professor de Física experimental na Universidade de Graz. Teve como alunos nesta universidade Svante Arrhenius e Walther Nernst.Viveu 12 anos , em Graz , onde desenvolveu os seus estudos relativos a conceitos estatísticos da natureza. Em 1885, ele foi nomeado membro da Academia de Ciências imperial austríaca e, em 1887, eleito presidente da Universidade de Graz. Em 1890,ele foi nomeado professor de Física teórica na Universidade de Munique e, em 1893 , ele volta a Viena sendo nomeado sucessor do seu orientador Joseph Stefan na cátedra de física teórica dessa universidade. Em Viena, ele teve conflitos com alguns dos seus colegas, em particular com Ernts Mach e por isso, em 1900, mudou para a Universidade de Leipzig. Em 1902 , Mach , reformou – se e como tal, ele regressou a Viena. Nesta universidade, ele teve como alunos Paul Ehrenfest e Lise Meitner. Além de física, ensinou filosofia. As suas aulas eram tão populares que apesar de as dar no maior auditório da universidade, havia pessoas que não conseguiam lugar lá dentro e o sucesso das mesmas levou a que ele fosse convidado de honra do imperador. A enorme instabilidade emocional que tinha, alternando com fases de depressão e de outras de enorme excitação ou irritação (distúrbio bipolar) levaram-no ao suicídio nas férias de Verão em Duino, próximo de Trieste. Ficou famoso por ter visualizado um método probabilístico para medir a entropia de um número determinado de partículas de um gás ideal e ter concluído que a entropia era proporcional ao logaritmo neperiano do número de microestados que um gás pode ocupar: S = KlnO (S é a entropia, k a constante de Boltzmann e O é o número de microestados possíveis para o sistema). Foi considerado, conjuntamente com Josiah Willard Gibbs e James Clerk Maxwell, o fundador da Mecânica estatística e um dos mais importantes defensores da teoria atómica numa época em que esta era ainda muito controversa e contestada.

Engenheiro e industrial francês que nasceu em 8 de Abril de 1808, em Paris e que faleceu na mesma cidade em 29 de Setembro de 1884. Foi o fundador da Companhia Bourdon que se destinava à confecção dos aparelhos por ele inventado que foram: um manómetro metálico (1849) que foi utilizado pela marinha francesa como acessório nas caldeiras a vapor e outros dispositivos, como uma bomba de vácuo, um relógio pneumático e um taquímetro.

Apesar de ser mais conhecido como o "pai da química moderna" pelas suas enormes e decisivas contribuições para a afirmação da química como uma área de pesquisa autónoma, Robert Boyle realizou também importantes descobertas nas áreas de hidrostática, com estudo aprofundados sobre peso do ar (pressão atmosférica) e vácuo principalmente.

Junto com Robert Hooke fez importantes descobertas, das quais se destacam a prova de que é impossível obter o vácuo absoluto, que o ar é um meio de propagação do som, mas talvez a mais importante descoberta foi a relação entre a pressão e o volume do ar.

Inventor Inglês que nasceu 1748, em Stainborough e faleceu em 9 de Dezembro de 1814, em Holt, Dorset. Iniciou a sua vida profissional como agricultor em Yorkshire e foi carpinteiro devido a um acidente que o impediu de continuar com a agricultura. Em Londres, começou a trabalhar na invenção da prensa hidráulica, cujo objectivo era imprimir notas bancárias com números de série sequenciais. Mais tarde fundou a empresa Bramah Locks em Londres que ainda hoje existe. As fechaduras inventadas foram famosas por causa da sua resistência e da sua segurança. A empresa criado por ele era de confiança no que respeitava à resistência e à seguração das fechaduras produzidas, e assim, lançou o Desafio Fechadura. Devido aos instrumentos de precisão necessárias para o desenvolvimento das fechaduras e cadeados, ele começa a investir o seu tempo em desenvolver ferramentas e máquinas que o ajudassem nos processos de fabrico dos seus inventos. Ao longo dos anos empregou e treinou diversos profissionais, sendo que alguns vieram a ser inventores conhecidos como por exemplo, Henry Maudslay e Joseph Clement.

Físico e médico francês que nasceu a 23 de Outubro de 1844, em Amiens e faleceu em 1940, em Paris. Estudou nos colégios de St. Quentin e de Henrique IV, formando-se em Ciências físicas e em Medicina. Foi membro da Academia de Ciências de Paris e cavaleiro da Legião de Honra, homenagem que recebeu do governo Francês pela descoberta da TSF. A sua fama deve–se à descoberta do coesor em 1890, instrumento usado para detectar ondas electromagnéticas, o que permitiu o avanço da telegrafia.Dedicou–se, ainda, a trabalhos de telefotografia e de televisão.

Físico alemão que nasceu em 6 de Julho de 1850, em Fulda e faleceu em 20 de Abril de 1918, em Brooklyn ( New York ). Em 1909, foi galardoado com o Prémio Nobel da Física conjuntamente com Guglielmo Marconi pelo contributo que realizou no campo da Telegrafia Sem Fios (TSF). Foi educado no Gymnasium de Fulda e, seguidamente, estudou nas Universidades de Marburg. Em 1872, em Berlim, fez o doutoramento, tendo apresentado um trabalho sobre oscilações em fios elásticos. Na Universidade de Würzburg, trabalhou como assistente do professor Quincke e, em 1874, foi professor no St. Thomas Gymnasium, em Leipzig. Dois anos depois, foi nomeado Professor extraordinário de Física teórica na Universidade de Marburg e, em 1880, foi professor na Universidade de Estrasburgo. Em 1883, foi professor na Escola Politécnica de Karlsruhe e , em 1885, foi professor catedrático de Física, na Universidade de Tübingen . A ele se deve, a criação de um Instituto de física. Além de ter sido o pioneiro da radiotelegrafia estabeleceu circuitos electrónicos e construiu estabilizadores de cristal. Foi, ainda , um estudioso dos raios catódicos, o inventor do tubo de Braun e do o oscilógrafo catódico. Um ano depois destas últimas invenções, dedicou-se à telegrafia sem fio, tendo obtido os primeiros sucessos quatro anos depois, em 1902.

Físico e inventor escocês que nasceu em 1781 e morreu em 1868, em Jedburgh. Apesar de ter estudado teologia na Universidade de Edinburgh, dedicou-se à ciência. As suas principais experiências foram sobre a teoria da luz e as propriedades da mesma. Adaptou e melhorou instrumentos técnicos utilizados nas suas pesquisas desenvolvendo novas ferramentas. Os estudos realizados conduziram-no à descoberta do princípio do caleidoscópio (1816). Apesar de ter inventado este instrumento como ferramenta científica, ele foi vendido rapidamente como um brinquedo. Fruto da sua dedicação ao estudo da fotografia, ele criou o estereoscópio - instrumento que produz uma imagem a três dimensões a partir de uma imagem bidimensional.

Cientista alemão que nasceu a 31 de Março de 1811, em Gottingen, e faleceu a 16 de Agosto de 1899, em Heidelberg. Após ter terminado os estudos escolares em Holzminden, foi estudar química na Universidade de Göttingen. Obteve o doutoramento com dezanove anos e, depois, entre 1830 e 1833, viajou pela Europa Ocidental. Durante este tempo, encontrou-se com Runge, o descobridor da anilina, Justus von Liebig, em Giessen, e com Mitscherlich em Bonn. Foi professor nas univesidades de Marburgo, Breslau e Heidelberg. Deixou o seu nome ligado a aparelhos utilizados habitualmente em laboratórios de Física como: o bico de Bunsen, o efusiómetro de Bunsen e o fotómetro de Bunsen.